Os defeitos

Um budista observando ou meditando no topo de uma montanha
Imagem: Pixabay.com
Quero compartilhar essa pequena história porque me identifiquei muito com ela. Acredito que todas as pessoas tidas como chatas pela maioria, são na verdade as mais sinceras.

Numa sociedade superficial e manipulada como a de hoje, custa muito caro ser quem verdadeiramente somos, expor nossas verdadeiras opiniões.

Mas essa história da uma dica para quem se julga muito certo.

Conta a história que um mestre tinha vários discípulos. Todos faziam tudo conforme o mestre orientava e até rezavam na hora mesma hora, exceto um, que vivia bêbado.

No dia de sua morte, o mestre chamou o discípulo bêbado e lhe transmitiu os segredos ocultos. Como era de se esperar, os outros se revoltaram:

- Mas que vergonha! - diziam. - Nós nos sacrificamos por um mestre errado, que não sabe ver nossas qualidades.

Então disse o mestre:

- Eu precisava passar estes segredos para um homem que conhecesse bem. Os que parecem muito virtuosos, geralmente, escondem a vaidade, o orgulho, a intolerância. Por isso eu escolhi o único discípulo que eu podia ver o defeito: a bebedeira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus te conhece

Deus e a Ciência