A loja de Deus

Um desenho de um sol brilhando passando uma imagem de algo positivo, de alegria.
Não tenho nada contra credo religioso nenhum. Mas o que mais vejo na minha e em outras Igrejas são pessoas, que de um modo muito fanático, pedem coisas a Deus, conquistas, casamento ideal, carreira profissional, etc. Outras não conseguem compreender a tristeza que sentem a angústia pela qual passam...

Deus é justo em tudo que faz: você não é obrigado a plantar, mas tudo que plantar será obrigado a colher!

A parábola de hoje deixa isso bem claro:

Entrei em uma loja e vi um anjo no balcão.

– Santo anjo do Senhor, o que vendes?

Respondeu-me:

– Todos os dons de Deus.

– Custa muito caro?

– Não, tudo é de graça.

Contemplei a loja e vi vasos de vidro de fé, pacotes de esperança, caixinhas de felicidade e sabedoria.

Tomei coragem e pedi:

– Por favor, quero muito amor de Deus, todo o perdão Dele, vidros de fé, bastante alegria e felicidade eterna para mim e para minha família.

Então, o anjo do Senhor preparou um pequeno embrulho que cabia na minha mão.

– É possível, tudo aqui?

O anjo respondeu sorrindo:

– Meu querido irmão, na loja de Deus não vendemos frutos, apenas sementes. Plante a sua e seja feliz.

Comentários

  1. Receba meus cumprimentos pela criação!!! Desejo a vc um surpreendente ano novo. ZZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Zaymond!! Tenha um excelente 2015 também!!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Um Ano Novo de primeira classe

É estranho...

Um grande gesto de amor!